Visual Merchandising: você já ouviu falar disso?

Visual Merchandising: você já ouviu falar disso?

Há anos o conceito de Visual Merchandising vem sendo difundido no Brasil e sua aplicação já é notada em diversas áreas de atuação, como marketing, moda, arquitetura. Mas você sabe o que é isso?

Visual Merchandising pode ser definido como um conjunto de fatores que, aplicados a um estabelecimento comercial, podem contribuir para promover uma marca e seus serviços, alavancar suas vendas, fidelizar clientes e atrair um novo público.

Quantas vezes já entramos em uma loja e tivemos vontade de gastar uns minutos a mais olhando cada um dos produtos que havia ali?

Um ambiente planejado com base nos conceitos do Visual Merchandising possui características que despertam sensações em seus visitantes. Estas sensações despertam reações ou comportamentos que podem ir desde uma maior permanência na loja até o ato de compra de um produto.

As características dos espaços físicos se compõem com a aplicação de uma boa iluminação, com o uso correto da cor e dos aromas, escolha acertada das músicas e do mobiliário. As boas sensações são aquelas despertadas pelos cinco sentidos, como o olfato (um bom cheiro), a audição (um som agradável), o tato, ou mesmo as sensações de prazer, relaxamento, conforto. As reações ou comportamentos desejados pelo estabelecimento podem ser a aproximação, o toque nos produtos, uma maior permanência no espaço, a abordagem do vendedor, o questionamento sobre algum produto, a compra. 

Estudos revelam que 85% das decisões de compra são tomadas dentro do ponto de venda. Na maioria das vezes, o cliente entra na loja sem a intenção de comprar, mas a experiência que terá dentro do estabelecimento o fará tomar a decisão de efetivamente comprar ou não. Assim, o bom estabelecimento comercial é aquele que proporciona boas experiências de compra a seus clientes.

Uma única “boa” experiência de compra - diferente e agradável - é suficiente para satisfazer e fidelizar um cliente. Cliente fidelizado contribui com a divulgação da marca e seu consequente fortalecimento no mercado.  Assim, o Visual Merchandising passa a ser uma ótima ferramenta para fortalecer um negócio, cativar os clientes e despertar neles a sensação de compra. Afinal, vender mais é o objetivo de qualquer estabelecimento comercial, não é?

Jordana Gabrielli

Por

Jordana Gabrielli

CLUB DE CARA NOVA

CLUB DE CARA NOVA

Club&Casa Design está com campanha muito mais vantajosa e personalizada para seus associadosVigente desde o fim de 2018, a nova campanha do Club&Casa Design traz muitas vantagens para quem é associado à pla...

Vasos sanitários integram design, tecnologia e sustentabilidade

Vasos sanitários integram design, tecnologia e sustentabilidade

    Ano a ano o segmento de louças sanitárias tem investido em design e tecnologia aliada à sustentabilidade. O mercado que antes possuía limitações na quantidade de peças, h...

Drywall compõe ambientes da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro

Drywall compõe ambientes da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro

    O complexo cultural Cidade das Artes, localizado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, tornou-se uma das referências em obra pública da cidade. Seu desenho inovador foi idealizado pelo arquiteto francês...

Design com alma brasileira

Design com alma brasileira

              Fibra sintética e alumínio na fabricação de móveis para áreas externa e interna. Esta é a combinação que em 1989 deu...

Fibras sintéticas: belas e resistentes

Fibras sintéticas: belas e resistentes

    Por muito tempo os móveis e objetos fabricados com fibras se restringiram a casas de praia ou campo. Hoje é comum serem encontrados em residências urbanas, não só na versão natur...

OMA Galeria promove arte para todos

OMA Galeria promove arte para todos

    Primeiro espaço privado de artes visuais em São Bernardo do Campo, a OMA Galeria está sob os cuidados do galerista Thomaz Pacheco. Fundada em 2013, tornou-se referência na região, desta...