O charme e a versatilidade dos cobogós

O charme e a versatilidade dos cobogós

 

  

Formas geométricas inspiradas nos muxarabis árabes, assim são os cobogós, originários de Pernambuco e batizados por seus criadores a partir das iniciais de seus sobrenomes: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góes. CO-BO-GÓ. À época, em 1920, eles buscavam uma forma de erguer paredes sem barrar a entrada de ventilação e luz solar. Foi quando surgiu a ideia de fabricar peças vazadas de concreto revestidas por cerâmica esmaltada.

 

Trinta anos após sua criação os elementos vazados receberam destaque nos projetos de arquitetos modernistas, principalmente em Brasília. De uns anos para cá, no entanto, passaram a ser fabricados numa profusão de formas, cores e materiais, como vidro, mármore, madeira, argila, entre outros. Pois além da funcionalidade ganharam forte expressão decorativa.

 

Para Patrícia Mitiko, proprietária da Rifiniture Conceito, os cobogós deixam os ambientes incríveis. “Em áreas internas vale a pena apostar nas peças como divisória entre a cozinha e a sala de jantar, por exemplo. Outra possibilidade é criar espaços diferenciados como um cantinho de leitura na sala de estar ou varanda”, sugere.

 

Apesar da grande variedade de produtos, existem ressalvas em relação ao uso. Primeiramente é necessário analisar o local em que os elementos serão instalados, bem como verificar as características do material de fabricação. Nem todos os tipos de cerâmicas são adequadas a ambientes externos, assim como a madeira. Mas existem aqueles versáteis, como os cimentícios, que se adaptam muito bem tanto em áreas internas quanto externas.

  

 

 

 

 

Club&Casa Design

Por

Club&Casa Design

Vasos sanitários integram design, tecnologia e sustentabilidade

Vasos sanitários integram design, tecnologia e sustentabilidade

    Ano a ano o segmento de louças sanitárias tem investido em design e tecnologia aliada à sustentabilidade. O mercado que antes possuía limitações na quantidade de peças, h...

Drywall compõe ambientes da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro

Drywall compõe ambientes da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro

    O complexo cultural Cidade das Artes, localizado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, tornou-se uma das referências em obra pública da cidade. Seu desenho inovador foi idealizado pelo arquiteto francês...

Design com alma brasileira

Design com alma brasileira

              Fibra sintética e alumínio na fabricação de móveis para áreas externa e interna. Esta é a combinação que em 1989 deu...

Fibras sintéticas: belas e resistentes

Fibras sintéticas: belas e resistentes

    Por muito tempo os móveis e objetos fabricados com fibras se restringiram a casas de praia ou campo. Hoje é comum serem encontrados em residências urbanas, não só na versão natur...

OMA Galeria promove arte para todos

OMA Galeria promove arte para todos

    Primeiro espaço privado de artes visuais em São Bernardo do Campo, a OMA Galeria está sob os cuidados do galerista Thomaz Pacheco. Fundada em 2013, tornou-se referência na região, desta...

Tecnologia na ponta dos dedos

Tecnologia na ponta dos dedos

    Se antes a automação era restrita a ambientes corporativos, hoje, no entanto, tem conquistado cada vez mais residências. Segundo dados da Associação Brasileira de Automaçã...